Blog

Anvisa prorroga autorização do processamento de cateteres de eletrofisiologia

Nessa segunda-feira, dia 18 de março, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por meio do Diário Oficial da União, liberou uma resolução referente à RDC 271, que revoga a RDC 256. O documento prorroga a autorização do processamento de cateteres de eletrofisiologia.

 

Um dos motivos apontados pelo documento é “o iminente risco de suspensão da realização de cirurgias cardíacas e procedimentos percutâneos eletrofisiológicos (ablação de arritmias cardíacas) no âmbito do SUS, frente à impossibilidade do reprocessamento de materiais para execução desses procedimentos”.

 

resolução-Anvisa

 

A principal vantagem do processamento de cateteres de eletrofisiologia e de cânulas para perfusão de cirurgias cardíacas é a economia. Mas, em contrapartida, é essencial que o processo seja eficiente, confiável e realizado por uma empresa que respeita o manual de boas práticas definidas pela Anvisa.

 

Conheça as soluções oferecidas pela Oxetil FGF.